Arquivo de Notícias

15.08.2015

Maciel Melo canta e conta a sua história

O cantor, compositor e poeta Maciel Melo, de Iguaraci, Pernambuco, lança seu primeiro livro A…
Leia mais

15.08.2015

Magno Martins lança livro que retrata a seca

O ano de 2013 foi marcado por uma das maiores secas que castigou Pernambuco. Após percorrer…
Leia mais

15.08.2015

Antônio Vilaça e Marcos Vinicios Vilaça são os homenageados em Limoeiro

Membro da Academia Brasileira de Letras (cadeira 26), sócio correspondente da Academia das Ciências de…
Leia mais

13.08.2015

A força e o sonho de Umbilina

O jornalista e premiado escritor Cícero Belmar apresenta na I Bienal de Limoeiro o seu livro…
Leia mais

13.08.2015

A literatura confessional de Carrero

O escritor, articulista e jornalista Raimundo Carrero, nascido em Salgueiro (PE), é um dos destaques da…
Leia mais

Alunos foram incentivados a estudar e escrever sobre a vida e obra literária de Antônio Vilaça

O município de Limoeiro, em parceria com a Andelivros, realiza a sua I Bienal do Livro de Limoeiro. O evento está programado para o próximo mês de agosto, de 12 a 16, no Colombo Sport Club, e deverá movimentar toda a região da Mata Norte e Agreste Setentrional, em torno do lançamento de livros e palestras. A feira tem como um os destaques o lançamento de publicação reunindo textos de estudantes da rede pública de ensino. Os alunos foram incentivados a estudar e escrever sobre a vida e obra literária de Antônio Vilaça, ilustre escritor e morador do município, que faria cem anos neste 2015. A publicação será lançada na noite do dia 13 de agosto.

Antônio Vilaça e seu filho, Marco Vinicios Vilaça, são os dois homenageados da feira. O imortal da Academia Brasileira de Letras já confirmou presença na Bienal. Ele participará de mesa-redonda com a participação do também escritor José Paulo Cavalcanti Filho. Vilaça apresentará a obra e vida do seu pai; enquanto o advogado e especialista em Fernando Pessoa destacará a trajetória e o legado de Marcos Vilaça para a literatura brasileira. O encontro está reservado também para o segundo dia do evento, 13 de agosto.

Alguns outros nomes já estão confirmados na Bienal do Livro de Limoeiro, a exemplo do escritor pernambucano Raimundo Carrero e da sexóloga Laura Muller, famosa por suas participações no programa Altas Horas e autora de diversas obras sobre sexualidade e adolescência. Carrero ministrará sua oficina literária, que terá inscrições gratuitas. Outro momento bastante esperado no evento será a tarde do sábado (15/8) o debate a ser mediado pelo radialista Maciel Júnior, que é limoeirense. Ele comandará um papo sobre literatura e futebol, que já tem as presenças confirmadas dos jornalistas e escritores Marcelo Cavalcante (Rede Globo), Álvaro Filho (Blog do Torcedor, do postal NE10) e Samarone Lima.

O jornalista Marcelo Cavalcante participa ainda de outro momento que promete ser bastante disputado na bienal. Na manhã do sábado, em debate, ele fala da experiência de lançar livro infantil em parceria com a filha, Marina, de anos. Marina e O Passarinho Perdido, título da publicação, foi editado no formato cartonera, queconsiste na confecção artesanal de obras como forma de baratear a produção e ao mesmo tempo oferecer um produto diferenciado, com novas possibilidades. O livro de Marina, por exemplo, ilustrado com desenhos feitos pela própria autora, convida a garotada a pintar os personagens da história a seu gosto.

Na tarde do domingo, será a vez da também jornalista, Ângela Belfort, lançar na cidade o seu livro Nelson Ferreira – O Dono da Música, biografia do maestro pernambucano. Ângela aproveitará a ida à cidade para ministrar palestra sobre o autor das sete Evocações em ritmo de frevo. Também na tarde de domingo, outro jornalista, Cícero Belmar (ambos atuam no JC), lança o seu romance Umbelina e sua Grande Rival, muito bem definido por Raimundo Carrero como “um romance na mais exata e rigorosa classificação da narrativa tradicional brasileira”. Na obra, o bodocoense Belmar mistura personagens reais e fictícios, como o repentista Pinto do Monteiro, para narrar as aventuras de um povo do Sertão. O livro foi contemplado com o Prêmio Lucilo Varejão, da Secretaria de Cultura da Cidade do Recife, em 2001.

A Bienal de Limoeiro conta ainda com uma vasta programação com lançamentos de autores da região, sessões de contação de histórias e a apresentação da peça O Fantástico Mistério de Feiurinha, com o grupo limoeirense Galpão das Artes. A programação artística inclui ainda dois shows: na noite de sábado, Maciel Melo comanda o forró e, no domingo à noite, encerrando a bienal, Geraldo Maia se apresenta. Ambos os artistas também autografam obras no evento.